A Confederação Hidrográfica do Miño-Sil e a Universidade de Vigo mantiveram um encontro de trabalho em Madrid com o Centro de Estudos Hidrográficos do CEDEX

A Confederação Hidrográfica do Miño-Sil e a Universidade de Vigo mantiveram um encontro de trabalho em Madrid com o Centro de Estudos Hidrográficos do CEDEX

A Confederação Hidrográfica do Miño-Sil e a Universidade de Vigo mantiveram ontem um encontro de trabalho em Madrid com os técnicos do Centro de Estudos Hidrográficos do CEDEX, Organismo autónomo adscrito ao Ministério de Fomento e Para a Transição Ecológica.

Esta reunião, emoldurada nas atividades do Projeto RISC_ML, surge com o objetivo de realizar uma revisão conjunta dos modelos globais e regionais que se vão utilizar para a estimativa do impacto da mudança climática nas variáveis da fase atmosférica do ciclo hidrológico.

Estes modelos utilizar-se-ão para estimar as citadas variáveis para os períodos 2010-2040, 2040-2070 e 2070-2100. Com os resultados obtidos realizar-se-á uma comparação com os valores registados no período histórico de referência 1950-2006.

Em outra fase proceder-se-á a avaliar para os mesmos períodos as variáveis da fase terrestre do ciclo hidrológico, mediante o emprego do modelo SIMPA do CEDEX.

Este encontro emoldura-se dentro dos trabalhos da Atividade 1 do projeto RISC-ML, sobre a análise hidrográfico e hidrológico da cuenca internacional, o novo inventário de recursos hídricos e o impacto da mudança climática sobre os mesmos, e é continuação das reuniões celebradas no Centro de Estudos Hidrográficos durante o segundo semestre do 2018 e no mês de janeiro de 2019.