ANÁLISE DA BACIA

Análise das bacias dos rios Minho e Lima a nível geográfico e hidrológico

O projeto contribui para um melhor conhecimento da Demarcação Hidrográfica Internacional das bacias dos rios Minho e Lima, segundo o princípio de unidade de bacia e a Diretiva 2000/60/CE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 23 de outubro de 2000, pela qual é estabelecido um quadro comunitário de atuação no âmbito da política de águas, em relação com as demarcações hidrográficas internacionais e os planos hidrológicos únicos.

Para obter um maior conhecimento da demarcação hidrográfica estão a realizar-se uma série de atuações,  desenvolvendo uma nova cartografia da demarcação (afinando a ótica desde a escala 1:25 a 1.10.000) para, a seguir, realizar uma análise dos recursos hídricos da bacia e a sua estimação futura a 2070-2100 considerando a mudança climática.

  • Nova cartografía da demarcação internacional a escala 1:10.000

    Esta nova cartografia permite melhorar o detalhe da rede básica da Demarcação Hidrográfica, com uma afinação da ótica a 1.10.000.

  • Novo inventário de recursos hídricos considerando a mudança climática em três cenários: 2011-2040, 2041-2070 e 2070-2100

    Um novo inventário de recursos hídricos da demarcação que considere o efeito da mudança climática nas partes espanhola e portuguesa da demarcação e o efeito das alterações na definição dos diferentes componentes que determinam o balanço hídrico da bacia.